Atelier Carmen F. Fonseca

 

             Projeto Il Mare

       

              “O MAR DA SICÍLIA - COMO EU O VEJO

                A VISÃO DE UM BRASILEIRO "

 

 

                PORQUE O MAR... 

 

De pequena, amo o mar. Preciso do mar para me carregar de energia, de força, de luz.

E esse Projeto é sobre um mar, sobre esse mar, o mar da Sicília, que foi o mar que mais tocou meu coração em toda a minha vida.

Mas, ele também representando os mares que banham um país, rodeado de tantos mares, como a Itália.

E ele também representando todos os outros mares de nossa Terra, que deveriam todos ser mais valorizados, mais homenageados, por tudo que eles nos dão e representam. Não apenas sua grande beleza, mas também eles nos dão o pão, a paz, a vida, o equilíbrio do Planeta,...

Esse é um apelo meu, de uma brasileira que ama o seu Brasil e seu mar, seu oceano, um país com uma costa tão imensa, fazendo um apelo ao mundo.

Por isso resolvi representar esse mar, através da minha melhor forma de expressão: a arte. E assim, criei essa exposição de pinturas a óleo, fotografias e poesias, consagrando, valorizando, enaltecendo, imortalizando os mares do mundo, através do Mar da Sicília.

Essa é a expressão de uma artista que ama o mar, que se orgulha de sua arte, e por isso quer que mais pessoas vejam seu trabalho.

E que se orgulha de sua origem, de ser quem é, de vir de onde veio. E por isso, fez questão de dizer que é a visão de uma brasileira,que ama e se orgulha de seu Brasil.

 

PINTANDO O MAR 

 

Há muitos anos, conheci a Sicília e essa ilha me impressionou. Eu amo ilhas, talvez porque sejam pedaços de terra, rodeados de

água por todos os lados. E, em sua maioria são rodeadas pelo mar... Nunca me esqueci desta definição, que aprendi na escola...

E há tantos anos que volto para a Catania, para as praias, porque eu amo a Sicília, eu amo o mar, eu amo o azul desse mar.

E quando decidi pintar este mar, fiz uma poesia, a poesia que dá origem as minhas obras, meu tributo ao mar.

Depois disso, comecei a tirar fotos do que gostaria de pintar. Porque gosto de pintar o que vejo naquele momento: a cor, a posição,

o sol, tudo.

E fiz tantas fotos bonitas, que acredito mereçam ser exibidas e compartilhadas com o público. 

 

POESIA

IL MARE DELLA SICILIA

 

Este é o mar

Que eu vejo

Meu mar

O mar da Sicília

Lembro-me de tudo

eu vejo tudo

Eu sinto tudo

E me sinto bem

Eu olho e eu olho

Olhou para fora

E eu vejo tudo

Tudo isso

Poucos veem

eu vejo isso

Eu também vejo

Como todos

O mar a areia

O guarda-sol

Mas muito

Que ninguém

Veja o

Encontrado

eu faço

É isso

E eu vejo

Eu vejo o mar

Todos os mistérios

E quantos

Eu sei que tem

Eu vejo abaixo

Eu vejo profundamente

Vedo tutti i blu

E rinasco

Mi sento bene

Felice come mai

 

PORQUE O MAR...

PORQUE A SICÍLIA...

 

Olhando para este mar há tantos anos

Eu decidi pintá-lo

O mar da Sicília

Meu mar

Porque ali, eu me sinto em casa

Porque ali eu estou bem

Porque ali encontrei amigos verdadeiros.

Eu amo o mar da Sicília

Eu amo a arte

E quis expressar todo esse amor, pintando-o

 

                           “O Mar da Sicília

                           “Como Eu o Vejo”

 

E então, eu que gosto de pintar em branco, preto e vermelho, e este é o meu estilo, não pude...

O azul do mar é mais forte do que eu.

As cores que vejo...

As cores que me dão tanto prazer...

Estão aqui

E devo mostrar tudo o que vejo

A terra, o mar, e de cima...

E eu olho profundo

O profundo que me toca

O profundo que eu vejo, de fora

O profundo que esconde

Tantos mistérios

Tanta beleza

Tantas cores

E o sol, que eu gosto tanto

Dá ao mar, à areia

Tantas cores, tantos efeitos

Uma beleza tão imensa.

Foi o que eu vi

Isso é o que eu vejo

E é isso que eu quero fazer ver, a todos que eu possa

Estas são as razões que me fizeram pintar o mar, esse mar.

E por esse motivo, antes de entrar na exposição, as pessoas leram:

 

          Agora nade...

          Agora usufrua...

          Agora viva...

                                   A exposição

                          

                                  “O Mar da Sicília - Como Eu o Vejo

                                  A Visão de uma Brasileira”

 

E a Mostra “Il Mare della Sicilia – Come Io lo Vedo – La Visione di una Brasiliana”, em primeiro lugar, como o próprio nome já diz,

apresenta a imagem de como o Brasil, através de uma brasileira, pode ver o mundo, o mar, a natureza, e desse mundo, uma parte da Itália, do mar, desse país que tantos mares o banham, o rodeiam.

 

CATANIA - “PALAZZO DELLA CULTURA”

 

Catania, a cidade luz da Sicília, com toda sua história, seu charme, praias de areia e de pedra, o Etna, o único vulcão ativo da Europa ao seu lado, a boa comida e outras tantas coisas. E ainda, com toda a braveza e o coração grande dos Sicilianos. E, eles gostam do Brasil;

“Palazzo della Cultura” de Catania, “Palazzo Platamone”, um edifício bastante belo, é um grande complexo, nascido nas ruínas do antigo convento de San Placido. Magnífico exemplo de recuperação de um edifício histórico, e que organiza muitos eventos: exposições, concertos, performances teatrais,...

 

Local que, nos últimos anos, vem abrigando grandes exposições, sendo as últimas: Escher e Toulouse Lautrec.

 

OBRAS:

 

Foram divididas em três grupos:

 

1º sala – onde foram apresentadas 12 obras:

             - 5 obras - óleo sobre papel - 0.42m X 0.30m

             - 7 obras - óleo sobre tela - 0.50m X 0.70m

Algumas das obras foram acompanhadas de poesias, criadas para elas.

 

2º sala – onde foram apresentadas 19 fotos sobre o mar

               . 0.30m X 0.50m

      

3º sala – onde foram apresentadas 12 fotos, as imagens que foram                                  

             usadas como inspiração para minha pintura.

             Esta sala, durante toda a exposição, exibia um video com   imagens e sons do mar

             Havia, também, decoração de praia e flores.

 

COMO FOI...

 

A Mostra “Il Mare della Sicilia, Come Io lo Vedo – La Visione di una Brasiliana”, foi lançada no Palazzo della Cultura de Catania, 

de 29.06 a 27.07.19.

Foi inaugurada pela Cônsul Honorária do Brasil na Sicília, a Sra. Rosalia Calamita, ao lado do Assessor da Cultura de Catania,

a Dott.ssa Barbara Mirabella e de outras autoridades, e proporcionou a todos uma noite bem agradável, onde vários elogios foram feitos,

não só pelas obras, mas também em relação a vários pontos da Mostra, o que me deixou bastante contente.

A partir daí, participei diariamente da exposição, e foi uma experiência bastante enriquecedora. Pude ver a expressão das pessoas,

suas atitudes ao ver as obras, saber o que sentiam, o que falavam, o que comentavam,...

Pessoas, além dos italianos, outras de várias partes do mundo: Finlândia, Inglaterra, Estados Unidos, Austrália, Irã, Armênia,

Turquia, Canadá, França, Espanha, Suécia, Japão, Polônia,...

Algumas retornavam, trazendo suas esposas, amigos,...

E todas eram unânimes, e os termos que usavam eram: que serenidade, que tranqüilidade, que paz, que “fresqueza”, parece

que estou no mar, é relaxante,... ao lado de “belissimo!”

E também, unânimes, nos elogios com relação às molduras, criadas e desenhadas por mim.

  

MATERIAIS

 

Foram escolhidas duas obras para simbolizar a exposição: 

- Pintura a óleo - “La Sabbia Blue” - A Areia Azul 

- Fotografia – “Van Gogh del Mare” – Van Gogh do Mar 

E, a partir dessas duas obras, foram desenvolvidos os materiais, em quatro idiomas: 

          ▪ Convites 

          ▪ Cartazes – espalhados pelas ruas, institutos de arte, escritórios / agências de turismo,...

          ▪ Volantes – espalhados nos hotéis, restaurantes, institutos de arte,...

          ▪ Banner – dando as boas vindas, na entrada da exposição,...

          ▪ Catálogos – distribuídos aos visitantes da Mostra

 

COMENTÁRIOS DA MOSTRA – PALAZZO DELLA CULTURA

 

Comentários diversos:

 

- Mergulhei no mar, me senti ali, no mar, uma beleza para os olhos e para o espírito 

- Me abriu os olhos, abriu meu terceiro olho

- Primeiro é simples, depois te dá uma imensidão...

- Iluminou meus olhos

- É uma linda atmosfera de mar 

- Os quadros me transmitem sentimentos distintos 

- Estão destruindo algo que é eterno 

- Foi como se tivesse entrado em um aquário, aqui tem silêncio, tem alma,... 

Muitos ainda comentavam:

 

Vejo o mar em movimento! E, quanto mais me afasto, mais ele se move.

- As fotos parecem quadros, pinturas!

 

E o Maestro A. Postale, de Catania, me disse “você teve a delicadeza, a sensibilidade e o olho clínico para tirar essas fotos. 

E elas parecem pinturas” 

Uns adoravam os quadros, outros adoravam as fotos, outros as poesias,... 

E transcrevo, a seguir, alguns comentários deixados nas páginas de meu livro de assinaturas: 

Splendida Mostra di una splendida artista!

 

        Salvo Pogliese

                        Prefeito da cidade de Catania

 

Alcuni quadri sono stati bellissimi e poi i quadri sono fatti dagli artisti e io sono una bambina che fa l’artista e io per passare

Il tempo faccio lavoretti d’artista e miei genitori mi fanno complimenti.

                         Cirianni Gaia 

Splendide fotografie del nostro mare. Guardandole sembra di sentire sulla pelle la frescura dell’acqua

                         Lane 

Ognuno a proprio modo. Ognuno secondo i propri occhi, ma questi dipinti coinvolgono. Grazie! 

                                                        Miriam Dazeglidanti 

Carmen amada! Sempre a reconheço como uma filha querida do coração e nesse momento aqui na Catania não poderia deixar de reverenciar  

suas qualidades de artista brasileira e universal. 

Sua exposição está magnífica e de uma precisão inigualável em todos os detalhes! Quadros lindos! Fotografias especiais e tudo

demonstrando quem você realmente é! 

Te amo muito e desejo a você sucessos universais! Beijos 

                                                        Anna Lapin 

                                                 Terapeuta transpessoal 

Te deseo un exito grande y le felicito por su trabajo inspirador donde conecta lo que vé con su imaginacion sin limites 

                                                       Leo Defos 

Beautiful Gallerie, paintings, photos and arrangements. Thank you so much. Very inspiring. You have traveled much and your art work reflects  

the beauty of your soul and passion the sea. Thanks

                         Lyun

PS: I look forward to travel to Brasil too. I bet the blue there is also very inviting just like the azur of the Mediterranean Sea.

 

DOCUMENTÁRIOS:

 

VERNISSAGE “IL MARE DELLA SICILIA – COME IO LO VEDO – LA VISIONE DI UNA BRASILIANA”

 

Catania, a cidade coração da Sicília, recebeu, de braços abertos, a exposição de Carmen F. Fonseca, que apresentou pinturas a óleo, além de aí,

essa artista ter se lançado como fotógrafa e poetisa, falando sobre o mar que ela mais amou na vida. Aqui, a abertura dessa exposição no Palazzo

della Cultura, que contou com a presença da Cônsul Honorária do Brasil na Sicília, da Assessora da Cultura de Catania, entre outras autoridades.

 

Prefeito visitou a exposição e deixou sua marca.

 

“IL MARÉ DELLA SICILIA - COME IO LO VEDO – LA VISIONE DI UNA BRASILIANA” – UM POUCO DA EXPOSIÇÃO

 

Aqui fotos, sem compromisso, das obras apresentadas, foram compiladas nesse pequeno documentário, mostrando um pouco dessa exposição, fazendo um tour, mostrando suas obras, algumas pessoas que ali estiveram,...

 

Carmen F. Fonseca recebia de 70 a 100 pessoas por dia; franceses, alemães, ingleses, australianos, americanos, iranianos, entre outros, além dos italianos, é claro, no Palazzo della Cultura de Catania, na Sicília, Itália.

 

Assista!

 

VALEU!!!

 

 

 

  

 

 

Top of Page